*?*´¯`*.¸¸.*´¯`* Retratos De Uma Vida... *´¯`*.¸¸.*´¯`*?*


Quem sou eu?
Linda...
bem é claro que tenho um nome...
na verdade... dois.
Meu nome é composto...
não tentem adivinhar...
pois pode ser...
Mary Anne...
Fernanda Cristina...
Ana Beatriz...
Maria Eduarda... enfim.
Prefiro que me chamem, de "Linda"...
é dessa forma que me apelidaram, não por ironia, ou por ser exemplo de beleza, ou coisa dessa natureza.
rsrs...
me chamam carinhosamente assim e os/as retribuam da mesma forma.
E é dessa forma que me apresento à vocês...
-"Muito prazer, Linda!"


The Celts
By Enya
Best Video Codes




Meu Link

Meu Selinho Reinauguração

Meu Award


Madrinha do Blog
Meu Award, para você!

Posts Anteriores

Eu já te disse?
Que a Vida me Ensine
Adoro
Quero este Homem
Quem sabe então assim - Você Repara em mim?!
Hoje eu acordei triste.. Há certos dias em que si...
Nunca quis encontrar a "outra metade". Sempre qui...
Às vezes você vem assim, Como se fosse prenúncio ...
Pensei que seria um Dia Perfeito....
Nossa Homenagem

 

Palavras..Palavras..


Palavras tantas eu falo, tantas penso e outras tantas nem deveria imaginar.
Construo frases, exclamo desaforos, grito esporros, faço mimo pra danar.
Nem todas são bem recebidas, umas tão mal entendidas, mas são minhas
as palavras que quero te dar..
De carinho, de brio, de orgulho, de amor, de tesão, de desejo, de sexo, de beijo, de abraço, de piadas, de palavras desencontradas, de tudo...
Palavras sussurradas de gemidos mal intencionados, de euforia escrachada, de alegria ilimitada, de responsabilidade, de cuidado.
Palavras engolidas e jamais proferidas, guardadas ou aquelas ouvidas e tão queridas.
Palavras musicadas, tocadas, dançantes.
Palavras que são mantras, que sabem rezar, alento para quem ama de verdade, que gritam para reivindicar.
Meias palavras, palavras inteiras, leves ou pesadas, delicadas ou grosseiras, palavrões que em certos momentos cabem na situação e são engraçadas e levianas no momento certo...
Palavras ao pé do ouvido que fazem o corpo tremer, aquelas que arrancam lágrimas de tanta felicidade..
Palavras coloridas de sinceridade, as sem cor de falsidade, tem aquelas que nos fazem rir, muitas que nos fazem corar, tantas que nos envaidecem e muitas outras que nos dignificam.
Palavras que chicoteiam, palavras que fazem sarar.
Palavras que são somente palavras, que entram por um ouvido e saem pelo outro, não ocupam lugar, palavras que enchem lingüiça, palavras que fazem rima, palavras que nem sabem rimar.
Palavras não entendidas, incompreendidas, mal traçadas, que mudam o rumo da história só porque alguém não as soube pronunciar.
Palavras de outras línguas, de outras mãos, ditas com os olhos, com os lábios, com o coração, sem nem precisar de som.
Tem palavras que não digo para ninguém, como não encontrei a fórmula de expressá-las as conservo com carinho bem escondidas, um dia as direi, boa palavra não faz mal a ninguém.
E nesse monte de palavras digo mais uma palavra.....
TE Amo. Esquece não ta?

<Eu no dia 8/15/2008 08:40:00 PM